Descobrimento de petróleo no Brasil aumenta o numero de empregos!

São Paulo e Rio de Janeiro costumavam ser o único destino para profissionais estrangeiros que chegam ao Brasil, mas esse cenário mudou nos últimos 10 anos. A preparação para a Copa do Mundo de 2014 e a exploração de petróleo nas praias brasileiras têm levado a uma distribuição de ofertas de emprego em todo o Brasil.

Além disso, cidades superpovoadas como São Paulo e Rio de Janeiro têm um custo de vida e impostos muito mais elevados, o que levou muitas empresas e grandes fábricas a se mudarem para o campo ou até mesmo para outros estados, que oferecem isenção de impostos como forma de de atrair oportunidades de emprego.

Além da isenção de impostos e do menor custo de vida, as empresas que se mudam para outros estados também encontram mão-de-obra mais barata. No entanto, como grandes universidades e tendem a ser localizadas em grandes cidades, pode ser realmente difícil encontrar um bom engenheiro ou profissional de TI em áreas localizadas longe das principais capitais e aqui é onde entra a força de trabalho estrangeira.

Norte: Turismo e Engenharia

Como Manaus foi escolhida para sediar partidas da Copa do Mundo de 2014, muito tem sido investido em infraestrutura e serviços, principalmente no que diz respeito à hospedagem.

Trabalho

O primeiro está relacionado à indústria de papel e celulose e o segundo, ao setor de construção. Aqui estão os profissionais mais requisitados do Norte do Brasil:

  • Engenheiros Civis e Eletrônicos;
  • Profissionais de turismo;
  • Profissionais de gerenciamento de projetos.

Ter Manaus como anfitrião de alguns dos jogos da Copa do Mundo chamou a atenção para outras cidades do norte, como Belém e Porto Velho.

Nordeste: Shoppings, Gás e Petróleo

Nos últimos quatro anos, o Nordeste brasileiro vem aumentando significativamente seu nível de consumo. Os shoppings cresceram 60% em dois anos, impulsionando a economia local.

Petróleo

Além da mudança nos padrões de consumo, as cidades nordestinas localizadas na costa se beneficiam da indústria de petróleo e gás natural. Os profissionais mais necessários no Nordeste do país são:

  • Geólogos;
  • Gerentes de vendas;
  • Desenvolvedores de negócios;
  • Técnicos e especialistas nas áreas de gás, mineração, petróleo, eletricidade, serviços e infraestrutura.

Centro-Oeste: Além da Agricultura

O centro-oeste brasileiro é um forte player no setor de agronegócio, por ser um dos maiores exportadores de commodities. Como os três estados que compõem o centro-oeste são sem litoral, um setor logístico competente tem sido um desafio nessa área. Para este setor específico, estes são os profissionais mais exigidos:

Goiás também é um importante player no setor farmacêutico e está trabalhando para se tornar o principal centro de medicamentos genéricos no Brasil. Em Brasília, o crescimento econômico tem sido impulsionado pelo setor de construção civil e a cidade vem trabalhando para se tornar um dos principais mercados imobiliários do Brasil.

No geral, tem havido também uma preocupação com a escassez de profissionais que podem administrar uma empresa e os seguintes profissionais são muito propensos a ter uma carreira de sucesso nos estados do centro-oeste:

  • Contadores;
  • Engenheiros;
  • Profissionais de finanças;
  • Gerentes;
  • Engenheiros agricolas;
  • Agrónomos;
  • Profissionais de TI;
  • Profissionais farmacêuticos.

A indústria de biocombustíveis é outra que vem crescendo e mudando a face agrícola do centro-oeste. Devido à demanda por carros flex e também à preocupação com o meio ambiente, o setor sucroalcooleiro vem pagando salários mais altos para atrair mão de obra para essa região.

Sudeste: profissionais de alto perfil

Assim como mencionado anteriormente, o Sudeste, especialmente São Paulo e Rio de Janeiro, tem sido o destino final da maioria dos estrangeiros que vêm ao Brasil. São Paulo ainda é a cidade brasileira com maior concentração de empregos e profissionais altamente qualificados.

Como o poder aquisitivo da população cresceu, itens que não costumavam fazer parte do orçamento familiar estão agora acessíveis para muitos brasileiros. Um exemplo é o acesso a passagens aéreas. As passagens aéreas também eram um privilégio da classe alta, mas hoje em dia é mais barato viajar de avião do que de ônibus.

Como a maioria das companhias aéreas brasileiras está localizada no sudeste, especialmente em São Paulo, elas se tornaram uma grande fonte de empregos na região. Outro exemplo é o acesso ao seguro de saúde. Há dez anos, o cadastro pis era um privilégio das famílias ricas ou um benefício para os trabalhadores, mas cada vez mais pessoas puderam pagar um seguro de saúde.

O resultado é uma demanda por médicos e gerentes. Apesar de pertencer ao Sudeste, o mais rico das regiões brasileiras, o Espírito Santo não é considerado tão rico quanto os demais estados do Sudeste.

Descobrimento de petróleo no Brasil aumenta o numero de empregos!
Avalie este artigo!