Rádio ANJ - Ouça: Hip Hop Alemão

Blog

29/07/2016

“Um país muito diverso”: Thomas, de Stuttgart, fala sobre o Brasil

Me chamo Thomas Walter, sou alemão de Stuttgart e tenho 23 anos. Vim para o Brasil em agosto de 2015 estudar dois períodos na PUC Rio de Janeiro como estudante de intercâmbio acadêmico e serei voluntário do Rio 2016 durante as Olimpíadas. Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro encerrarão a minha temporada no Brasil com chave de ouro.

Falando dos Jogos Olímpicos, eu sempre assisti, desde pequeno. Os Jogos Olímpicos são uma festa pacífica de culturas e o esporte junta pessoas. Na competição, não é o idioma que as une mas o rendimento e a paixão pelo esporte. Eu gosto disso. Aprendi o português relativamente rápido, mas claro, aprender uma língua é sempre um processo um pouco complicado. No esporte não tem disso: é todo mundo igual.

Eu amo praticar e assistir esporte, é uma coisa que sempre teve valor na minha família. Sou praticante ativo de vôlei de quadra. Jogo também vôlei de praia já há muito tempo e ach interessante as diferenças nas regras do vôlei de praia praticado na Alemanha e o praticado aqui no Brasil.

Moro em Ipanema e há poucas coisas que me alegram mais do que uma partida de vôlei de praia ao começo do dia. Gosto de outras modalidade esportivas também: futebol, basquete, entre outros… mas meu esporte preferido é o vôlei de praia mesmo. A cidade do Rio de Janeiro oferece vários lugares para se jogar meu esporte predileito e ao mesmo tempo apreciar gente bonita e paisagem “atemberaubend”, que é o adjetivo em alemão para algo que te tira o fôlego.

Eu sou louco por vôlei de praia! ©dpa/ picture alliance

Ser voluntário nos Jogos Olímpicos Rio2016 é, para mim, a perfeita combinação entre a paixão pelo esporte e a paixão  pela Cidade Maravilhosa, que certamente receberá com toda a sua hospitalidade pessoas de todo o mundo, tornando inesquecível para mim este gradioso momento. Sou um alemão ‘carioquizado’, assumo. Sinto-me com propriedade para falar sobre esta cidade maravilhosa, que me acolheu de forma bem aberta e receptiva. É um sonho, uma utopia muito particular e bem minha, a de viver num mundo cheio de paz. Em agosto, eu quero ajudar a fazer isso acontecer, mesmo que seja em uma escala pequena.

Para mim, o Brasil é um país muito diverso, isso começa desde as zonas climáticas que resultam em condições surpreendentes para se viver até a influência de diversas culturas. Só isso já faz do Brasil um lugar realmente único! Aqui tem de tudo: montanhas, praias, selvas. Issso sem nem falar na riqueza da flora e fauna brasileiras. Pode até parecer batido falar sobre isso, repetitivo. Mas, acreditem: um alemão fica mesmo estupefado com isso.

Moro em Ipanema e gosto demais daqui. Eu volto, Ipanema!

Moro em Ipanema e gosto demais daqui. Eu volto, Ipanema! ©Colourbox

E muito bonito o Brasil e muito maravilhoso o “meu” Rio de Janeiro. Álias, o lugar vicia: a passagem de volta no fim e dezembro já está comprada. Ipanema, eu volto!